Wayfinding em ambientes de saúde

“Os dados estatísticos oficiais sobre o setor da saúde que o Instituto Nacional de Estatística (INE) acaba de publicar, para assinalar o Dia Mundial da Saúde, revelam um significativo aumento, em diversos indicadores, do contributo dos hospitais privados para a saúde dos portugueses.”

(Netfarma, 07/04/2021).

Também o desenvolvimento do Termalismo associado ás Estâncias Termais e de Bem Estar, têm sido alvo de um programa de promoção e desenvolvimento, que merece a nossa atenção.

Associando a experiência adquirida nesta área, abordamos a importância  do Wayfinding no contexto de ambientes de saúde, termal e bem estar, abordando os mais relevantes princípios e objetivos.

Ao projetarmos uma solução para que os usuários naveguem nestes ambientes com segurança e confiança sanitária, temos que atender nas perspetivas do pessoal, visitantes e doentes/utentes, criando uma identidade em cada local diferente de todos os outros, associando os elementos mais próximos. Elencamos os principais pontos de uma estratégia de orientação, definindo a alternativa mais funcional, segura, personalizada e adequada, que incorpore características de modo a satisfazer as necessidades destes protagonistas, garantindo o cumprimento das regras sanitárias em vigor.

Priorizar as necessidades dos pacientes e utentes na complexidade que geralmente estes locais oferecem, com grandes áreas quer internas como externas, que sem um adequado sistema de orientação, todos os utilizadores terão dificuldade em percorrer, levando a confusão e angustia. Objetivamente teremos que priorizar que os doentes  e demais utentes, terão que alcançar o seu destino com tempo para um atendimento sem stress, e para isso teremos de criar caminhos bem estruturados com princípio, meio e fim em cada sentido pelo qual é visto, resultando na facilidade de navegação, melhor orientação e confiança sanitária.

Hospital 11

Garantimos a produtividade e eficiência, criando um sistema de navegação sustentável, que apontando caminhos intuitivos na medida que vão sendo percorridos,  induzam os utentes num ambiente familiar, confirmando que está indo no caminho certo no reconhecimento do destino, consequentemente reduzindo a intervenção dos funcionários da instituição.

O uso espacial dinâmico em ambientes hospitalares, requer uma estratégia  de orientação com facilidade de manutenção, por forma a poder alterar as mensagens e as diretrizes do sistema mantendo a sua uniformidade.

Concluímos que o projeto de Wayfinding em ambientes de saúde, terá que ser ajustado à complexidade das instalações e serviços, definindo a alternativa mais funcional, segura, personalizada e adequada para o ambiente, garantindo as medidas de segurança COVID, tornando a navegação mais fácil e rápida para todos os intervenientes, com objetividade e eficácia comunicativa.

Carlos Mateus, 2021

Categorias OPINIÃO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Create your website with WordPress.com
Iniciar
%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close